INSÓLITOS DO QUOTIDIANO


Não é à toa que eu estou sempre a dizer que vivo em permanente estado de choque cultural. Sabem que, por exemplo, se precisarmos aqui da Polícia além de termos de pagar uma generosa contribuição ao guarda de serviço temos também de pagar a gasolina do carro? Imagino que o subsídio de gasolina de cada esquadra seja destinado ao depósito do carro de luxo do chefe. E o suborno policial, não é suborno nenhum, porque é tão descarado que toda a gente o vê como uma espécie de complemento de ordenado. Mas agora imaginem o pobre do mzungu com a casa assaltada, a chamar a polícia, e do outro lado a dizerem-lhe:
-Mas sabe? Primeiro tem de vir aqui à esquadra, pagar a gasolina do carro patrulha e dar uma “ajudinha” aos guardas de serviço.
E é tal e qual, senão pior, como no caso em que um amigo meu foi à polícia denunciar um assalto à mão armada em que o ladrão ia disparar contra ele mas a bala caiu antes do disparo e o polícia lhe diz:
– Eu nem vou registar essa ocorrência, que disparate. É óbvio que não eram profissionais, porque se fossem não tinham falhado o tiro.
Eu fiquei só a pensar, mas então quem raio é que denuncia os ladrões profissionais?
Mas há mais e melhor! Se precisarem de uma ambulância no Quénia, esqueçam, encomendem a alma a quem entenderem, se for coisa grave ou chamem um amigo automobilizado, se puderem.
Para a ambulância sair do parque do hospital, também é suposto ir lá alguém para pagar a gasolina e o complemento de ordenado dos paramédicos.
Basicamente, todos os serviços de protecção civil requerem pagamento de combustível e complementos de ordenado, o que tendo em conta a qualidade dos profissionais e das viaturas e a quase ausência de equipamento equivale a pagar para o boneco.
O meu conselho é andar sempre com uma mala de primeiros socorros, ter à mão uns quantos números de telefone de gente automobilizada pronta a ajudar e frequentar umas aulas de defesa pessoal para bater nos senhores maus que nos querem roubar mas que não são suficientemente profissionais para nos matar.

Advertisements

7 Respostas

  1. Ah! Que maravilha de assistência…Qualquer dia o portuga está na mesma! Para fazer um serviço público precisa de complemento de ordenado.
    Um conselho de amiga. Talvez o exercício e a prática do kung-fu ajude um pouquinho, isto é talvez dê mais auto-confiança. Claro que não valerá para nada se aparecer um pistoleiro profissional.

    Um beijinho
    Fernanda

    • Ehehehe… pensando bem, o ideal mesmo é ter um cão. Até pode ser um inocente caniche de bolso que não interessa a malta aqui morre de medo de cães. Ou então rogar pragas. Um dia experimentei e resultou, eles também morrem de medo. Olhar alguém nos olhos e dizer “se me acontecer alguma coisa os meus antepassados vão-te perseguir até ao fim dos teus dias!” dá um resultadão. E a isto chama-se sobrevivência num ambiente inóspito para mzungu viver 😀

  2. LOL! Realmente, quando a bala cai antes do disparo, é obra… :))
    Gosto dessa ideia de rogar pragas. E se for numa língua estrangeira, o impacto será maior? 🙂

  3. Eu qd me quero rir venho aqui, nao falha. Que raio de terra é essa.

  4. 🙂 Minhas lindas… se eu não me risse com o que para aqui vejo estava tramada!
    As pragas funcionam lindamente mas sítios onde a malta é muito supersticiosa, como aqui. No Porto não estou bem a ver o impacto da coisa 😛

  5. Olá AfricanQueen,

    Tentei contacto através do teu e-mail, mas não tenho certeza que tenhas recebido.

    Tenho agora a oportunidade de poder teatralizar o teu conto “Super Catarina”, que eu descrevi que um dia levaria à cena. Estou a trabalhar com crianças duma associação cultural de Albufeira e gostaria imenso que me autorizasses a fazer a adaptação do conto para o palco. Se autorizares, depois enviar-te-ei as alterações que irei fazer, para tua aprovação.

    Beijos,
    Lívio

  6. …com certeza que o Super Catarina dará uma peça engraçada.
    Parabéns aos pais!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: