FINALMENTE OS JACARANDAS FLORIRAM


Creio que no primeiro post que escrevi nesse blogue depois de chegar a Nairobi disse, que jamais iria embora sem ver os jacarandas em flor e ao fim de tanto tempo por cá, já começava a questionar-me se alguma vez veria as maravilhosas florzinhas azuis.
O desacerto da estação das chuvas que tardou e terminou demasiado depressa parece que teve alguma coisa a ver com o atraso deste encantamento, mas depois de estar fora mais de um mês, regressar e ver a cidade pintada de azul emocionou-me. Eu gosto de árvores, e por cá, por estas latitudes, tenho uma admiração tremenda pelos embondeiros, imensos e peculiares e um carinho especial pelas acácias que me dão sempre a sensação de estarem de braços abertos ao Sol, mas os jacarandas são as que mais me encantam, principalmente quando explodem de cor. É uma arvorezinha de aspecto frágil e delicado mas que quando floresce parece etérea e transforma-se numa espécie de nuvem azul que ofusca tudo à sua volta. Aqui ofusca a poluição, o caos urbano, o pó e põe-me a olhar para o céu.
Não podia ter recebido melhor presente de boas-vindas!
E com os jacarandas em flor parece que veio também a chuva persistente para acabar com a seca, ou pelo menos para aliviar o sofrimento dos milhões de pessoas mais afectadas pela falta de água. E se bem que a fome não acaba de um dia para o outro, a esperança trazida pelas chuvas, que segundo as previsões vão ser estáveis até Janeiro, já levou muitos agricultores a voltar a lançar sementes à terra, à espera do milagre da vida e da renovação.
Vou ver se por estes dias me aventuro num safari fotográfico, pela cidade pintada de azul, para poder mostrar-vos aquilo que com as palavras não consigo descrever.

Anúncios

2 Respostas

  1. Que bom terem aparecido de novo as crónicas! A gente habitua-se a ler coisas poeticas e depois…Aguardo o safari fotográfico pois essas arvorezinhas são umas das maravilhas da natureza. Vou ver se encontro um poema ao embondeiro para te enviar. Na altura gostei imenso e só me recordo que era de um angolano. Se calhar já conheces não.Um abração! Cuida de ti.Fica bem.

  2. Vou ver se me aventuro a tirar fotos pela cidade domingo de manhã quando estiver toda a gente na missa :D. Nairobi não é propriamente a cidade mais segura para andar com a minha maquina pelas ruas :)E sim, tb já estava com saudade de escrever aqui na tasca!Não me recordo de nenhum poema desse género. Gostava de ver.Beijinhos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: